EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

5C- Professoras Beth e Eliana

Vivências do 5C (2º semestre)

Publicado em 18/12/2018 às 16h09

2º SEMESTRE DE 2018– TURMA 5C- PROFªs BETH e ELIANA 

Épocas Trabalhadas / Projetos / Atividades

(Percurso realizado pelo grupo)

      Iniciamos o segundo semestre com vivências de acolhimento às crianças no retorno das férias. Em uma delas trabalhamos a receita do bolo de chocolate que foi uma receita proposta por eles e eleita como a mais gostosa através de votação. As crianças participaram com entusiasmo de todo o processo de realização do bolo. 

A Cultura Afro-Brasileira foi amplamente abordada na nossa sala através de imagens africanas, mapas, animais da África, brincadeiras, dança circulares e manuseio de objetos de origem africanos na sala ambiente que foi montada para a realização de vivências e apreciações com esse tema.

Através de brincadeiras e jogos que trabalhassem a linguagem corporal e a artística, demos ênfase a diversos tipos de desenho, apreciação de obras de artistas negros como, por exemplo, Arthur e João Timótheo, audição de músicas da capoeira, brinquedos cantados, rítmicos, jogos com som e instrumentos como o Caxixi, Pandeiros, Triângulo, Alfaia, Tambor e Agogô. Foram realizadas várias vivências como filmes, desenhos, apreciação de imagens positivas da África, a Capoeira, a sua história, seus fundadores, o seu ritmo (ginga) e tentativas de execução de alguns movimentos.

A apresentação dos bonecos africanos foi realizada através de uma história e a escolha dos nomes por votos das crianças e seus respectivos significados. Os nomes escolhidos foram Kamau (guerreiro) e Keli (bonita). As crianças tiveram a oportunidade de passar um final de semana com eles em casa e com o auxílio da família registrar essa experiência de forma oral, escrita e através de desenhos, pinturas e fotos.

 Foi desenvolvido um trabalho com o tema Ubuntu que é uma palavra existente nas línguas Zulu e Xhosa falada pelos povos da África do Sul que representa uma filosofia e uma ética antiga africana que significa um modo de viver, um conceito moral, uma filosofia que se opõe ao individualismo. É uma alternativa de convivência social pautada pelo altruísmo, fraternidade e colaboração entre os seres humanos. "Sou quem sou, porque somos todos nós. "Todos são afetados quando um semelhante é afetado, devemos nós importar com os outros, nossa felicidade consiste no contato e partilhar a vidas com outras pessoas. Ninguém brinca sozinho, ninguém joga sozinho. Esses conceitos foram trabalhados em nossa sala através de rodas de conversa, imagens e desenhos do livro: Ubuntu.

Através de roda de conversa e brincadeiras teatralizadas as crianças vivenciaram a necessidade do outro para várias atividades, sempre relacionando com a cultura de paz e solidariedade. Vivenciaram também o respeito às características pessoais relacionadas ao gênero e à etnia, a cooperação e o diálogo como forma de lidar com conflitos. Mediamos várias discussões e resoluções de condutas quanto ao comportamento deles. E nossa turma chegou à conclusão que “ninguém é feliz sozinho”. Finalizamos o Projeto com uma grande festa africana, com a apresentação de dança, desfile das crianças e exposição das atividades vivenciadas.

Na parte psicomotora propusemos atividades de equilíbrio, agilidade, força, e resistência com vários materiais estruturados (bolas de Pilates, cones, bolas de várias modalidades esportivas, chapéu chinês, trave de equilíbrio, cordas) e não estruturados (pneus, caixas, potes, garrafas) entre outros.

Na linguagem musical foram realizadas diversas vivências relacionadas à escuta, apreciação e sonorização de histórias e improvisação musical com temas folclóricos e da natureza: chuva, pássaros, mar e diversos animais, manuseio de instrumentos oficiais e da caixa sonoros construídos por eles. No final do ano tiveram a oportunidade de manusearem os instrumentos do Parque Sonoro da escola.

As aulas-passeio fizeram parte das nossas atividades durante esse semestre possibilitando grande aprendizado as crianças, fomos ao Circo Spacial e ao Museu do Inseto onde tiveram a oportunidade de vivênciar fora da sala da aula conhecimentos sobre a arte circense e sobre os insetos que compõe a nossa biodiversidade.

Na linguagem verbal trabalhamos várias manifestações orais como: roda de conversa sobre as questões cotidianas, afro-brasileira e folclóricas onde a maioria das crianças relatou com detalhes as suas opiniões de forma clara e coerente em relação aos assuntos abordados. Houve um trabalho contínuo com livros diversos sobre os temas, lendas folclóricas, trava-línguas, parlendas, receitas e listas de nomes relacionados aos projetos desenvolvidos.

Em relação à linguagem matemática fizemos atividade de contagem de objetos e brinquedos, calendários, números, jogos matemáticos e problematizações com o objetivo de oferecer desafios com várias possibilidades de soluções, ampliando a escala dos números, levantando hipóteses e argumentações. Também demos continuidade ao trabalho com situações problemas e jogos matemáticos.

No cuidado de si, do outro e do ambiente demos continuidade ao Projeto Alimentação. Observamos que as crianças já estão aceitando melhor a introdução de alguns alimentos saudáveis principalmente grãos integrais (macarrão, pão e bolacha) e legumes que tinham muita resistência no primeiro semestre. Também estão fazendo o uso adequado do garfo e da faca. Na escovação orientada, iniciamos o semestre utilizando recursos que despertassem nas crianças a importância de uma boa higienização bucal. Utilizamos fantoches para a contação da história “O Jacaré com dor de dente” visando criar hábitos saudáveis na vida das crianças dentro e fora da escola.

Nas rodas de conversa reforçamos sobre a saúde na nossa boca, a escovação e o fio dental, as cáries, os doces e os dentes.

De uma forma geral tivemos uma boa participação das famílias no acompanhamento dos bilhetes nas agendas e parcialmente nos eventos da escola. O projeto leitura em casa tem como objetivo ampliar o repertório literário e proporcionar momento de prazer e estreitar laços afetivos dentro de casa. Ao retornar a escola com o livro na segunda-feira, realizamos uma roda de leitura e propomos que as crianças conversem sobre as leituras realizadas em casa. É prazeroso vê nos olhos das crianças o brilho em se expressar nas rodas como foi sua leitura, quem leu para ela e o que aprendeu com aquele livro.

Agradecemos a parceria e confiança das famílias nesse processo de construção do conhecimento, o respeito, o carinho e compreensão com que nos relacionamos no decorrer desse semestre.

 

Comentários (0) e Compartilhar

JÁ ESTÁ CHEGANDO A HORA DE IR...

Publicado em 02/12/2018 às 16h36

Chegamos ao final de mais uma etapa...

Muitas alegrias, conquistas, desafios , aprendizado...

Só tenho a agradecer por tudo!

A vocês crianças , a quem ensinamos, mas também  com quem, muito aprendemos, o nosso muito obrigado já cheio de saudades.

Agradecemos as famílias por toda a parceria neste ano que se encerra , o nosso carinho e um afetuoso abraço!

Professoras Beth e Eliana.

Comentários (0) e Compartilhar

AULA PASSEIO: MUSEU DO INSETO

Publicado em 02/12/2018 às 15h43

Você acha que os insetos não são importantes e que só atrapalham?

O Museu do Instituto Biológico, com a exposição Planeta Inseto, mostra a importância desses organismos e seu universo particular. A exposição retrata , de forma lúdica e interativa, os diversos aspectos sobre os insetos, sua importância na sustentabilidade ambiental, produção de alimentos e saúde pública.

As crianças adoraram o passeio !

Comentários (0) e Compartilhar

LÁ VEM O CIRCO...

Publicado em 02/11/2018 às 21h36

No mês de Outubro fizemos um passeio ao Circo Spacial. Teve Palhaço, Malabaristas, Dançarinos, Acrobatas,Contorcionistas, Equilibristas, Trapezistas e muita diversão. As crianças ficaram encantadas com as atrações. Após o passeio eles puderam expressar todo o seu encantamento realizando atividades de mímica e teatralização do que viram e ouviram no circo.

Comentários (0) e Compartilhar

SEMANA DAS CRIANÇAS

Publicado em 13/10/2018 às 14h00

A alegria se fez presente essa semana em nossa escola. As crianças puderam vivenciar diversas atividades diferentes como : Gincanas, cinema com pipoca, oficinas diversas , piquenique e Baladinha com Baile do Pijama e fantasias.

O que mais gostaram?

TUDO! Foi a resposta da maioria delas.

Comentários (0) e Compartilhar

VIVÊNCIAS DO NOSSO COTIDIANO

Publicado em 08/10/2018 às 15h55

Nosso cotidiano é repleto de vivências diversificadas,  modelando, desenhando, cozinhando, observando a natureza, brincando, jogando... As crianças têm a  oportunidade  de desenvolver sua imaginação, criatividade e todo o seu potencial pedagógico.

Comentários (0) e Compartilhar

PROJETO ETNIA- MÚSICAS E INSTRUMENTOS MUSICAIS

Publicado em 08/10/2018 às 15h36

A audição de músicas  se fez presente em nossa sala neste semestre através de  brincadeiras  cantadas, novos  rítmicos brasileiros e africanos , jogos com som e instrumentos como o Caxixi, Pandeiros, Triângulo, Alfaia, Tambor e Agogô .

Comentários (0) e Compartilhar

PROJETO ETNIA- UBUNTU

Publicado em 08/10/2018 às 15h26

UBUNTU é um palavra existente nas línguas Zulu e Xhosa faladas pelos povos da África do Sul que representa uma filosofia e uma ética antiga africana que significa um modo de viver, um conceito moral , uma filosofia que se opõe ao individualismo. É uma alternativa de convivência social pautada pelo altruísmo, fraternidade e colaboração entre os seres humanos."Sou quem sou, porque somos todos nós."

Todos somos afetados quando um semelhante é afetado, devemos nós importar com os outros, nossa felicidade consiste no contato e partilhar a vidas com outras pessoas. Ninguém brinca sozinho, ninguém joga sozinho. Esses conceitos foram trabalhados em nossa sala através de rodas de conversa e imagens do livro: UBUNTU - livro oficial .

Através de muita conversa e brincadeiras teatralizadas vivenciamos a necessidade do outro para várias atividades, sempre relacionando com a cultura de paz e solidariedade.

E nossa turma chegou a  conclusão que: Ninguém é feliz sozinho...

 

Comentários (0) e Compartilhar

PROJETO ETNIA- BONECOS AFRICANOS

Publicado em 08/10/2018 às 14h25

Neste semestre a cultura Afro-Brasileira foi amplamente abordada na nossa EMEI,através de imagens africanas, mapas, instrumentos musicais , sons, imagens, brincadeiras, capoeira, dança circulares e manuseio de objetos de origem africanas na sala ambiente que foi montada para a realizações de vivências e apreciações com esse tema. 

A apresentação dos bonecos africanos foi realizada através de uma história e a escolha dos nomes por votos das crianças e seus respectivos significados. Os nomes escolhidos foram Kamau (guerreiro) e Keli ( bonita). As crianças estão tendo a oportunidade de passar um final de semana com eles em casa e com o auxílio da família registrar essa experiência de forma oral, escrita e através de desenhos, pinturas e fotos.

Comentários (0) e Compartilhar

Vivências 1º semestre- 5C

Publicado em 06/07/2018 às 14h35

.Iniciamos o ano com um trabalho sistemático voltado para a adaptação e acolhimento das crianças e famílias. Para isso, visitamos todas as salas, conhecemos as professoras e funcionários e as outras crianças da EMEI, sempre com apresentação conjunta estabelecendo regras e combinados de convívio nestes ambientes. Com o desenrolar dos meses, de uma forma geral eles já circulam pelos espaços com desenvoltura, realizam a higiene de forma correta, boa parte já internalizou o que foi estabelecido coletivamente. No entanto, frequentemente há necessidade de voltarmos a conversarmos sobre higiene, trato com os amigos durante as brincadeiras e organização dos ambientes e materiais.

No início do semestre ao ir para o parque muitas crianças não conseguiam colocar os sapatos sozinhas, mas com o auxílio da professora e várias intervenções feitas, boa parte já o faz sem problemas. A maioria está em processo de aprendizagem da amarração, algumas crianças estão ajudando às outras nessa aprendizagem. É necessário que as famílias colaborem nesse processo.

Todas as crianças já conseguem organizar suas mochilas e grande parte as mantém organizadas, poucas crianças precisam de acompanhamento das professoras nesses momentos.

A hora da escovação é um momento prazeroso, todos já entenderam a importância de manter os dentes sempre limpos e saudáveis. Esse incentivo tem sido feito através da roda de conversa, vídeos e histórias que é um dos momentos preferidos da turma, eles ficam calmos e ouvem com muita atenção. Nos meses de abril e maio foi realizada avaliação dentária em parceria com a UBS Souza com triagem e encaminhamentos das crianças com problemas dentários.

Durante os meses de fevereiro e março, houve muitas mudanças de crianças devido a matrículas novas e pedido de transferência, mas entre os que permaneceram surgiram muitas amizades. E foi assim que através do Projeto Identidade as crianças vivenciaram atividades de incentivo às atitudes de cooperação e solidariedade que fortaleceu esses laços e que são tão importantes na formação de nossas crianças. Muitas crianças matriculadas nesse período chegaram chorando nos primeiros dias e além do acolhimento das professoras e funcionários, os amigos da sala também tentaram acalmá-los, falando palavras de conforto e os acolhendo, andando de mãos dadas nos trajetos percorridos entre uma atividade e outra nos ambientes da escola.

Quando ocorre algum atrito entre eles, poucos respondem de forma agressiva, no geral pedem ajuda a um adulto e alguns já negociam uma solução pacífica. Não possuem resistência em pedir desculpas ou auxiliar os colegas que estão precisando.

 A alimentação é feita duas vezes ao dia, no café da manhã e no horário do almoço; eles já conseguem colocar a quantidade adequada de alimento no prato, porém muitos ainda possuem dificuldade no manuseio de garfo e faca, mas estão em processo de aprendizagem. As crianças experimentam vários alimentos, mas possuem resistência por alguns legumes como: beterraba, chuchu, abobrinha e berinjela.

No mês de abril iniciamos o trabalho sobre Cultura Indígena onde entramos em contato com seu modo de vida, sua alimentação, brinquedos e brincadeiras, jogos, pintura, desenhos, palavras usadas por nós com origem indígena, lendas e histórias vinculando seu modo de vida ao nosso. A alimentação teve destaque nesse processo, já que a mandioca, um alimento muito utilizado pelos indígenas, foi também nosso carro chefe. As crianças tiveram a oportunidade de degustar e fazer uma receita de Caldo de Mandioca. Primeiramente ouviram a Lenda da mandioca, pesquisamos como ocorre o plantio e a colheita, foi realizada a escrita pela professora da receita e a leitura de todas as fases do preparo, as quantidades de cada ingrediente e com a ajuda das crianças o preparo e a degustação. Eles se deliciaram!

Nesse projeto, nossas crianças tiveram várias oportunidades de ouvir histórias da Cultura Indígena, os mitos e as lendas, que são formas fantásticas de contar como as coisas aconteceram no início do mundo. Foram momentos especiais vivenciados com muito entusiasmo por eles.

Temos também o projeto Leitura em Casa que é desenvolvido através de empréstimos, onde a criança tem oportunidade de escolher uma vez por semana o livro que mais lhe agrada e pode levar para casa para ser lido em família. A ideia é criar hábitos de leitura e fazer com que os pequenos percebam que ler pode e deve ser algo prazeroso. Essa prática é reforçada na escola na roda de conversa que acontece todas as segundas-feiras e cada um conta como foi a leitura em casa.

As brincadeiras também fazem parte do acervo indígena e nossas crianças começaram a entrar em contato com elas através da pesquisa, confeccionando um brinquedo indígena (peteca) e depois vivenciando várias delas dentre as quais: Cama de gato, Cabo de Guerra, Arranca Mandioca e Peteca. No dia da família na escola os pais também puderam vivenciar a construção da peteca e as brincadeiras indígenas.

O movimento está além de simplesmente mover as partes do corpo ou se deslocar pelo espaço físico, é um meio de comunicação necessário para que a criança possa interagir com o espaço e o meio social em que vive. Por isso, neste semestre realizamos várias vivências psicomotoras de equilíbrio, coordenação, consciência corporal e fizemos atividade com cantinhos temáticos onde as crianças vivenciam o seu cotidiano e dão asas à imaginação.

Finalizamos o semestre com várias vivências da Época Junina: histórias, literatura de cordel, brincadeiras típicas (pecaria, boca do palhaço, canaleta).  Na cozinha experimental fizemos canjica e pipoca. Também ouvimos vários ritmos juninos (baião, xaxado, xote e forró) e nos aventuramos nos passos de algumas danças típicas dessa época que foram posteriormente apresentadas aos pais no dia da Festa. As famílias participaram fazendo enfeites para a festa. Cada família recebeu uma bandeirinha e em casa puderam enfeitar junto com a sua criança.  A EMEI ficou linda com as produções das famílias e também com as produções das crianças durante esse período.

Agradecemos todas as famílias pela colaboração neste semestre, que possamos continuar essa parceria durante todo o decorrer do ano letivo.

 

Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bds b05|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||