EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

Nossas vivências do 1º bimestre

Publicado em 26/04/2018 às 18h38

A sala do infantil I -5E é formada por vinte e oito crianças, sendo quatorze meninos e quatorze meninas.  O período de adaptação foi um momento muito importante, pois algumas crianças vieram de outras Instituições e outras não tinham tido essa vivência. Então cada uma delas demonstrava suas emoções de formas diferentes. Nesse período houve a preocupação em transmitir as crianças afeto, segurança e um ambiente acolhedor.  Realizamos passeios pela escola para o conhecimento dos espaços, apresentação das pessoas que fariam parte de seu convívio, uso da cama elástica, piscina de bolinha, brincadeiras de roda, cantinhos temáticos do brinquedo, peças de montar. Realizamos alguns combinados com as crianças para proporcionar uma convivência harmoniosa e respeitosa,  confeccionamos um cartaz com esses combinados para que todos pudessem visualizar e serem retomados pela professora  diariamente.

  Neste período trabalhamos contagem, calendário, leitura diária realizada pelas professoras. Visitamos a sala multiuso, brincamos nos cantinhos na sala ou no pátio, fizemos interação entre salas, parque, campo dirigido, pintura no azulejo. Essas atividades são feitas após a roda de conversa e gradualmente eles foram se adaptando ao espaço e o que seria realizado.

         Nesses primeiros meses, realizamos algumas atividades e projetos que possibilitaram às crianças a construção do conhecimento proporcionando um momento de troca e autonomia.  O Carnaval foi um dos temas trabalhados com as crianças através de rodas de conversa, músicas, elaboração de máscaras, vídeos e imagens e finalmente realizamos o baile onde a alegria se fez presente. Destacamos também as vivências que envolveram o nome de cada criança e também das professoras, para que todos sentissem sua importância no grupo. A confecção de um cartaz com os nomes das crianças, músicas e o manuseio dos crachás foram instrumentos que fizeram parte desse processo.  Os cuidados pessoais e do ambiente são ações realizadas sistematicamente como: lavar as mãos antes das refeições e após o uso do banheiro, arrumar os cabelos, trocar a roupa após alguma intercorrência, escovar os dentes, limpar o nariz, conhecer seu corpo e suas funções, cuidar de si e do outro, de seus pertences e do espaço em que está inserido. 

         Alguns projetos foram realizados no decorrer desse período que possibilitaram as crianças a construção do conhecimento, proporcionando momentos de troca e autonomia.

          O projeto leitura e empréstimo de livros  acontece todas as sextas-feiras, onde as crianças tem a oportunidade de escolherem seus livros para levarem para casa e, juntamente com a família possam desfrutar de um momento único e assim incentivar as crianças a desenvolverem o hábito  da leitura. Ao retornarem a escola na semana seguinte, todos trocam informações através da roda de conversa sobre a leitura realizada em casa, ressaltamos que as professoras realizam leitura diariamente com as crianças para garantir o contato com esse universo leitor.

           No projeto alimentação, as scrianças tem a oportunidade de conhecer  diferentes tipos alimentos, desde os mais comuns que estão diariamente em nossas mesas, até os alimentos de época específicas. Durante o projeto as crianças, através das rodas de conversa, podem ter contato com os alimentos, dividir experiências sobre sabor, valor nutricional entre outras informações e, nas aulas de culinária, degustarem pratos dos alimentos referidos.  Outro momento importante nesse projeto é o selfie-service, onde na hora do almoço as crianças podem se servir dos alimentos e a quantidade a ser colocada para que não haja desperdícios de alimento e sempre orientados pelos educadores. Nesse  projeto  as crianças utilizam garfo, faca e prato de vidro onde eles a cada dia vem de demostrando maior habilidade nesse manejo.  Esse projeto colabora para que os bons hábitos alimentares sejam desenvolvidos desde pequenos e que as famílias também percebam a importância de uma boa alimentação para o crescimento saudável da criança.  Na nossa rotina escolar é realizado diariamente a escovação após as refeições, ressaltamos a importância desse procedimento juntamente com os cuidados pessoais : higiene das mãos, rosto, uso adequado do banheiro e o cuidado ao utilizar a água pois esse recurso natural deve ser preservado.

       

       A Cultura Indígena foi trabalhada no mês de Abril, com rodas de conversa, vídeos, músicas, leitura de história, instrumentos musicais e brincadeiras. Realizamos a leitura da  lenda da mandioca, onde as crianças puderam conhecer um pé de mandioca e fizeram a degustação desse alimento. Nossa intenção foi mostrar para as crianças como essa cultura nos influência e sua importância na nossa vida no passado e no presente. Também  foi apresentado a eles o milho e algumas culinárias. Tivemos um dia de culinária, no qual preparamos pipoca e sessão cinema.

       Ainda na cultura Indígena, as crianças conheceram o Urucum e sua utilidade, tanto na culinária como na pintura corporal dos índios.

      Solicitamos aos pais, alguns alimentos para elaboração de algumas culinária típicas dos indígenas, na qual tivemos grande sucesso.

       No campo dirigido realizamos algumas atividades para desenvolver nas crianças atitudes que necessitem respeitar as regras das brincadeiras e ampliação dos movimentos corporais diversos. As crianças brincaram de morto-vivo, corre cotia, pega-pega, pular corda, passar por cima ou por baixo da corda, cabo de guerra, andar com pé de lata, coelho sai da toca, rodas cantadas, saltar obstáculos, peteca etc.

     Temos que ressaltar algumas atividades que foram realizadas no decorrer desse semestre como: Desenho como forma de expressão de seu entendimento, emoção e sua criatividade, manuseio de livros, dramatização, colagem e confecção de cartazes na sala, identificação do nome e sua construção, contagem de crianças, calendário. Destacamos o brincar na sala ou no pátio, com diversos objetos para estimular o poder de criação, esse momento é muito prazeroso, pois é a partir dela que a criança explora seu potencial criador e se desenvolve de forma ampla.

          A Cultura da Paz norteia o nosso trabalho, mostrando sempre que o diálogo é um instrumento mediador de conflitos sem violência. O trabalho com as crianças é pautado em desenvolver relações afetivas de amizade, carinho e vivenciar experiências  de aprendizagens significativas.

                   Agradecemos a colaboração de vocês nesse primeiro semestre,  o respeito, a confiança e o carinho durante o nosso contato.

         Obrigada pela parceria nesses período de adaptação!

           Vejam abaixo o vídeo com as principais vivências da turma nesse bimestre:

 

Enviar comentário

voltar para 5E- Professoras Tatiana e Marta

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bds b05|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||