EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

Vivências do 2º semestre- 5H

Publicado em 21/12/2018 às 12h11

Épocas Trabalhadas / Projetos / Atividades

(Percurso realizado pelo grupo)

   A turma 5H está composta por 26 crianças, sendo 15 meninas e 11 meninos. De modo geral a turma é muito comunicativa e participativa e dentro do possível o convívio entre as crianças é tranquilo. Vez ou outra acontece um conflito o que é comum na idade deles, mas já estão tendo uma maior facilidade na resolução dos mesmos. Foi bem prazeroso trabalhar ao lado dessa turma, onde nota-se o desenvolvimento afetivo e emocional entre todos, refletindo no interesse, criatividade, espontaneidade, mostrando-se observadores e questionadores em cada nova descoberta.

        Neste semestre demos continuidade ao Projeto Alimentação Saudável, incentivando a autonomia e o uso dos talheres, o prato de vidro e a participação na escolha individual e a composição do prato com variedade de alimentos.  Observamos que não temos tanto desperdício alimentar e houve uma maior aceitação de legumes, verduras e frutas, tendo poucas crianças com resistência a experimentar novos sabores. Na nossa rotina escolar é realizada diariamente a escovação após as refeições, ressaltamos a importância desse procedimento juntamente com os cuidados pessoais: higiene das mãos, rosto, uso adequado do banheiro e o cuidado ao utilizar a água, pois esse recurso natural deve ser preservado. Dentro desse trabalho de higiene e o modo adequado do cuidado com os dentes e com a escovação mostramos arcadas dentárias prejudicadas pelo uso da chupeta, prejudicada por conta de cáries e placas bacterianas e dessa forma mostrando como ficam nossos dentes quando não são cuidados.  E claro, também apresentamos fotos de dentes saudáveis, onde puderam ver o resultado dos bons cuidados com os dentes.

 

Continuamos com Projeto “Leitura em Casa” e nas sextas-feiras as crianças realizam os empréstimos dos livros para ser realizada a leitura com os familiares e realizam a devolução nas segundas-feiras. Aproveitamos essas leituras para realizar rodas de conversas, onde as crianças socializam com os colegas como foi esse momento fazendo um breve relato sobre a história lida. No projeto Leitura, tivemos a participação efetiva da maioria dos responsáveis.

Iniciamos neste ano a implementação do Parque Sonoro que é um espaço que visa proporcionar à criança experiências sensoriais de exploração musical livre. A ideia é que a criança seja protagonista da experiência, interaja com o espaço e os objetos contidos nele, e use sua imaginação para transformar os objetos em instrumentos.

      Foi desenvolvido o Projeto Etnia – (Cultura Afro-brasileira), com o objetivo de valorizar e reconhecer a cultura afro descendente de forma positiva nos diversos segmentos da sociedade relacionados à culinária, arte, dança, instrumentos musicais e música. A afirmação e valorização da cultura afro fez com que as crianças criassem uma conscientização a respeito das diferenças, principalmente físicas, como cabelos, olhos e tons de pele. Fizemos a apresentação dos bonecos africanos, onde as crianças escolheram os nomes, através de votação. Os nomes escolhidos foram Gimbia e Abayomi os quais significam “princesa” e “nascido para trazer alegria”. Iniciamos a visitação dos bonecos africanos na casa das crianças, sendo atendidas duas crianças por semana. Gostamos muito dos relatos e desenhos que as famílias registraram em nossas pastas. Agradecemos a participação de todos no enriquecimento do nosso projeto!

      Também trabalhamos o mapa do continente africano e focamos no país da Gimbia que é Madagascar e no país do Abayomi que é Angola. Os bonecos atravessaram o oceano para conhecer o Brasil e frequentar a nossa escola. Conhecemos alguns personagens negros de grande influência em nosso país, os símbolos adinkras os quais cada qual traz um significado, trouxemos algumas brincadeiras que as crianças da África brincam para o cotidiano e vivências de nossas crianças, vídeos, literatura valorizando a cultura africana entre outras atividades. Tivemos também na EMEI, uma exposição – Projeto Etnia (com instrumentos musicais, livros com histórias e objetos da cultura africana). Ainda relacionada ao Projeto Etnia as crianças fizeram no mês de novembro uma aula-passeio para conhecer o Museu Afro Brasil (MAB) na qual aborda a cultura e influência africana na sociedade brasileira. O acervo do museu abarca diversos aspectos dos universos culturais africanos e afro-brasileiros, abordando temas como a religião, o trabalho, a arte, a escravidão, entre outros temas ao registrar a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira. Para as crianças foi importante essa visita, pois tiveram contato com os vários conteúdos que já estávamos trabalhando no Projeto Etnia.

          Também realizamos uma aula-passeio ao Planeta Inseto e lá as crianças puderam conhecer um mundo dentro de outro mundo. O Museu do Instituto Biológico, com a exposição Planeta Inseto, mostra a importância desses organismos e seu universo particular. A exposição retrata, de forma lúdica e interativa, os diversos aspectos sobre os insetos, sensibilizando as crianças para sua importância na sustentabilidade ambiental, produção de alimentos e saúde pública. Lá as crianças tiveram contato com colmeias em plena atividade, com suas abelhas produzindo mel, lagartas tecendo o fio da seda, formigas trabalhando em um sistema social organizado e cupins reciclando material orgânico, viram e pegaram alguns insetos como o Bicho-Pau e a Barata de Madagascar, viram também a Joaninha através das lentes de um microscópio. As crianças gostaram muito de conhecer o Planeta Inseto!

           Realizamos também vivências com o tema Folclore, com o objetivo de resgatar junto às crianças as cantigas de roda, brincadeiras e comidas típicas. As crianças tiveram a oportunidade de vivenciar o nosso Folclore através das histórias dos personagens contadas em sala, além das animações vistas na sala multiuso.                                                                                                                                                                                                                

No campo dirigido foram realizadas diversas atividades para aprimorar a coordenação motora, motricidade, noções de espaços, agilidade, concentração e cooperação. Resgatamos as brincadeiras tradicionais como: como escravo de Jó, amarelinha, corre cutia, pé de lata, entre outras.

O parque continua sendo o lugar preferido das crianças, lá elas se sentem mais independentes. O espaço ajuda a promover a autonomia das crianças, pois criam as suas brincadeiras e regras para as mesmas e quando necessário criam novas regras ou modificam as já existentes. No parque podemos observar o grande desenvolvimento da motricidade dos pequenos, crianças que antes ficavam mais retraídas, por medo ou por simplesmente não querer ariscar a ir a determinados brinquedos, hoje brincam em todos, inclusive os novos. Além das brincadeiras livres que eles realizam no parque também fazemos atividades dirigidas, como percurso com obstáculos.

Tivemos a semana da criança comatividadesdiversificadas, onde nas salas, foram feitos levantamentos de possíveis atividades para realizarmos neste período;banho de mangueira, leitura simultânea, curta com pipoca, oficina de slime, piquenique no pátio externo da escola, baile do pijama/fantasia, brincadeiras, como: corrida da batata, dança da laranja, dança da cadeira, enchendo o balde.

    Ao longo do semestre tivemos o Conselho Mirim, que consiste em pequenas assembleias com as crianças da sala e a gestão, onde a criança tem o direito de expor suas ideias, dar sugestões. Neste semestre eles participaram da escolha das brincadeiras a serem pintadas em nosso campo dirigido. É uma forma de ouvir e permitir que exerçam a cidadania, participando das decisões a serem tomadas.

       Em Conhecimento Matemático as crianças puderam ter noção de força, controle, lateralidade e coordenação, brincadeiras que utilizam contagem e histórias que apresentem sequência numérica; identificar a passagem do tempo apoiadas no calendário com acompanhamento do dia, mês e ano; exploração e identificação de propriedades geométricas de objetos e figuras com jogos contendo formas geométricas e blocos lógicos, atividades com colagens geométricas, comparação, conceitos de maior e menor, alto baixo, frente e trás.

      Notrabalho com Artes Visuais valorizamos as produções das crianças, ressaltando seu processo de criação. Trabalhamos a construção do desenho com diversidade de propostas como: desenho de imaginação, desenho de observação, desenho de interferência, desenho de memória, desenho do contorno e com variedades de temas e materiais. A turma teve um bom avanço em seu desenvolvimento, consegue registrar suas ideias através dos desenhos, que estão com mais formas e cores, utilizam diversos materiais: tinta guache, lápis, giz de cera. Estão mais independentes, autônomos.

    No geral, tivemos um semestre produtivo e bem participativo com as crianças. Muitas lembranças, muitas histórias pra contar, sonhos realizados.

Agradecemos aos pais e as crianças pela contribuição a importância de cada um neste ano letivo.

 

 

 



 

 

 

 

Enviar comentário

voltar para 5H- Professoras Sueli e Adelânia

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bds b05|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||