EducaPX SitePX AWS Contraste Aumentar/Diminuir a fonte

6E- Professoras Aline e Juliana

Vivências do 6E (2º semestre)

Publicado em 18/12/2018 às 16h22

2º SEMESTRE DE 2018– TURMA 6E- PROFªs ALINE e JULIANA

Épocas Trabalhadas / Projetos / Atividades

(Percurso realizado pelo grupo)

Iniciamos o semestre acolhendo as crianças com muito carinho e muitas brincadeiras, para que assim, o retorno à jornada educativa ficasse mais atraente aos olhos dos nossos pequenos.

No espaço externo, que chamamos de campo dirigido, fizemos brincadeiras como cabo de guerra, cipó, circuito, pula corda, corrida com obstáculos, futebol e basquete. No pátio interno, trabalhamos bastante com os cantinhos da preferência das crianças, como por exemplo: ferramentas, cozinha, fantasias, jogos de tabuleiro, desenhos e pinturas. Na programação do mês da criança neste mesmo espaço tivemos, também, pula-pula, amarelinha, massa de modelar para brincar com potes/formas e brinquedos de montar variados. Trabalhamos também contos como, Tinga Tinga, contos folclóricos: Iara, Curupira, Lobisomem, Boto cor-de-rosa, Saci, histórias com temas variados, poesia, música, filmes e vídeos como, a Cor da Cultura, série Juro que vi, desenhos livre com técnicas diferenciadas: sopro por canudo com guache, com material para intervenção (palha), molde vazado, pintura com bexiga, pintura esponja, Jogos de raciocínio e quebras cabeças.

Neste semestre, além das atividades que já fazíamos, incluímos também algumas vivências novas à nossa jornada, e nosso quadro de atividades permanentes ficou assim:

-Sorteio Para a escolha dos ajudantes do dia

-Roda de conversa sobre assuntos variados

-Leitura (história, poesia ou música)

-Desenhos com materiais variados: Coletivo, individual, de observação, com interferência, de memória, livre, com tema, etc.

-Leitura dos relatos das famílias com as quais nossos bonecos passaram o final de semana.

-Contando para a turma a história que levei para casa (do empréstimo de livros)

-Escolha do grupo feita pelas próprias crianças para desenvolver a proposta trazida, seja de pintura, confecção de um brinquedo, apresentação teatral, competição de corrida ou futebol, danças, etc.

Neste semestre também demos continuidade à um dos projetos mais importantes da nossa unidade que é o projeto das Relações Étnico-Raciais, que no primeiro semestre dá ênfase à Cultura Indígena, e agora no segundo semestre à Cultura Africana. Sabemos que nosso país tem heranças culturais europeias, indígenas e africanas, e é pensando na construção de conhecimento, identidade e valores que tentamos equilibrar um pouco mais estas heranças, que muitas vezes não são resgatadas nas escolas, que acabam reforçando apenas cultura europeia.

Na nossa turma demos início a este trabalho escolhendo quem seriam os nossos amigos, (bonecos), que viriam passar o semestre conosco. Primeiro escolhemos os nomes dos ilustres convidados (Dalila e Simba) deste ano. Depois recebemos cartas dos bonecos (que vieram de Angola e do Congo) e as crianças responderam as cartas. A partir daí demos inícios às rodas de conversa sobre os lugares do mundo, as línguas diversas, como os negros chegaram aqui no Brasil e quais são nossas origens. Trouxemos também músicas africanas, assistimos filmes e desenhos com o tema e fizemos a leitura de alguns livros e contos africanos como por exemplo: As Gueledés- A festa das Máscaras, O Mundo Black Power de Tayó, A Princesa e a Ervilha, Menina bonita do laço de fita, etc.

Outro tema que foi trabalhado e estudado durante este semestre é a linguagem teatral. Aproveitando as duas apresentações teatrais que a nossa turma pode assistir, primeiro a do palhaço, ‘Gibiló e o seu trombone’ na Biblioteca Belmonte e depois o espetáculo “Em busca da boneca azul”, iniciamos nossas vivências teatrais durante uma roda de conversa em que um dos colegas disse que queria ser o palhaço Gibiló. Como sugestão da professora, esta criança então escolheu alguns colegas para serem seus ajudantes durante o pequeno espetáculo e reproduziram, (recriando e criando muitas cenas novas), um pouco do que assistiram antes. Depois disso trouxemos para o nosso planejamento mais algumas vivências teatrais, como por exemplo, no cantinho das fantasias, as crianças procuravam fantasias que combinasse de alguma forma com a do seu parceiro para representar cenas, trabalhamos também com a blusa que não queria ser blusa, onde as crianças usaram muito a criatividade para transformá-la em algo inusitado. Trabalhamos também com a formação de grupos, escolhidos por eles, para apresentarem histórias, (também escolhidas por eles), para o restante da turma. Tivemos vários grupos e várias histórias algumas das escolhidas e interpretadas por eles foram: O caso do bolinho, Gibiló e mais palhaços, Os três porquinhos, A Boneca azul, A história do Rabanete, O samba da fraldinha molhada, etc.

Outro tema que também vem sendo trabalhado este semestre é a música, desde o começo do ano de várias maneiras, porém neste semestre retomamos o tema começando com a capoeiras que está totalmente atrelada a cultura africana e que, mistura jogo/luta com dança/música. Devido à vivência que eles tiveram no ano de 2017, eles estavam ansiosos para fazer logo uma roda de capoeira, então demos início, já com o jogo em duplas mesmo, para que eles pudessem mostrar o que já sabiam. Depois recorremos aos vídeos de roda de capoeira tanto com crianças como com adultos e com a ajuda destes vídeos, desenvolvemos alguns exercícios que poderiam melhorar o movimento de cada um durante as rodas de capoeira.

Porém não ficamos apenas com a capoeira, fomos buscar nossas raízes também no samba. Ouvimos, conversamos sobre a letra de algumas músicas, como por exemplo “Não deixe o Samba Morrer”, conhecendo assim um pouco da história do compositor, Edson Gomes da Conceição. Fomos também para a sala multiuso, pesquisar quais os instrumentos são utilizados no samba, acabamos descobrindo que a escola tem alguns deles e experimentamos também como tocá-los. As crianças também montaram grupos e formaram suas próprias escolas de samba, deram nome e tudo mais. E claro, se apresentaram para os colegas.

Depois disso, ainda falando em música, mas resgatando novamente a dança e os movimentos, passamos para o balé/música clássica. Assistimos vídeos, filmes e desenhos sobre o tema, e também trabalhamos muito com as rodas de conversas, novamente vídeos e imagens trazidas para a sala, a fim de desconstruir a ideia de que balé é apenas para as meninas.

No Projeto Alimentação Saudável continuamos a leitura de títulos sobre as boas práticas de alimentação, desenhos sobre comidas preferidas; incentivos no dia-a-dia da composição dos pratos com variedade de cores, rodas de conversa sobre o assunto e a conscientização diária sobre a prática do desperdício. Atualmente a turma come bem, com uso do garfo e faca, dividem as travessas e são autônomos para buscarem os alimentos que desejam em outra mesa ou no balcão.

Na higiene e escovação retomamos a demonstração da escovação correta com o “bocão”, utilizamos os fantoches de escovação para melhor compreensão, os vídeos com orientações sobre a importância da higiene pessoal e bucal estão presentes em nossos momentos na multiuso, as rodas de conversa e conscientização sobre o uso da água é uma constante em nossa sala de aula. Tivemos também uma parceria com a UBS Jardim Souza com distribuição de escovas para que as crianças continuassem essas rotinas em casa.

No Projeto Leitura em Casa fizemos a troca dos livros depois do recesso e continuamos com a prática ao priorizarmos leitura de títulos diversos por no mínimo duas vezes na semana, disponibilização de livros / gibis nos momentos de “cantinhos” e vídeos de livros animados na sala multiuso. As crianças apreciam tanto o momento da leitura que pediram para confeccionar livros de sua autoria para a exposição de dezembro.

Foi um ano de muita alegria e aprendizagem, agradecemos o apoio e colaboração de todas as famílias.

 

 

Comentários (0) e Compartilhar

Relações Étnico-racial

Publicado em 20/11/2018 às 17h50

Neste segundo semestre demos continuidade à um dos projetos mais importantes da nossa unidade que é o projeto das Relações Étnico-Raciais, que no primeiro semestre dá ênfase à cultura indígena, e agora no segundo semestre à cultura Africana. Sabemos que nosso país tem heranças culturais europeias, indígenas e africanas, e é pensando na construção de conhecimento, identidade e valores que tentamos equilibrar um pouco mais estas heranças, que muitas vezes não são resgatadas nas escolas, que acabam reforçando apenas cultura europeia.

Na nossa turma demos início à este trabalho escolhendo quem seriam os nossos amigos, (bonecos), que viriam passar o semestre conosco. A princípio a única informação que tínhamos era o nome, depois que as crianças escolheram os nomes dos ilustres convidados deste ano, recebemos cartas dos bonecos e as crianças responderam às cartas, que vieram de Angola e do Congo, países da Dalila e do Simba. A partir daí demos inícios às rodas conversa sobre os lugares do mundo, a línguas diversas, como os negros chegaram aqui no Brasil e quais são nossas origens. Trouxemos também músicas africanas, assistimos filmes e desenhos com o tema e fizemos a leitura de alguns livros e contos Africanos como por exemplo: As Gueledés- A festa das Máscaras, (fizemos então a pesquisa e os desenhos de algumas máscaras africanas), O Mundo Black Power de Tayó, A Princesa e a Ervilha, Menina bonita do laço de fita, etc.

Outro tema que também vem sendo trabalhado este semestre é a música, desde o começo do ano de várias maneiras, porém neste semestre retomamos o temas começando com a capoeiras que está totalmente atrelada a cultura africana e que, mistura jogo/luta com dança/música. Devido à vivência que eles tiveram no ano de 2017, eles estavam ansiosos para fazer logo uma roda de capoeira, então demos início, já com o jogo em duplas mesmo, para que eles pudessem mostrar o que já sabiam. Depois recorremos ao vídeos de roda de capoeira tanto com crianças como com adulto e com a ajuda destes vídeos, desenvolvemos alguns exercícios que  poderiam melhorar o movimento de cada um durante as rodas de capoeira.

Porém não ficamos apenas com a capoeira, fomos buscar nossas raízes também no samba. Ouvimos, conversamos sobre a letra de algumas músicas, como por exemplo “Não deixe o Samba Morrer”, conhecendo assim um pouco da história do compositor, Edson Gomes da Conceição, fomos também para a sala multiuso, pesquisar quais os instrumentos são utilizados no samba, acabamos descobrindo que a escola tem alguns deles e experimentamos também, como tocá-los. As crianças também montaram grupos e formaram suas próprias escolas de samba, deram nome tudo mais. E claro, se apresentaram para os colegas.

 

Então aqui vão algumas fotos destas vivências:

 

 

Comentários (0) e Compartilhar

Plantação de Tomate

Publicado em 11/11/2018 às 21h24

Neste semestre demos enfoque nas atividades do eixo natureza e sociedade e levantamos os desejos das crianças para a nossa plantação.

Foi unânime em nossa sala a escolha do tomate depois de termos visto o vídeo "Eu nunca vou comer tomate" de Charlie e Lola e que no início do ano algumas crianças rejeitavam bastante mas agora dizem que comem com limão, com sal, com vinagre e até mesmo puro!

Vimos vídeos de como cuidar das plantinhas e também um time lapse do crescimento do grão de feijão; assim as crianças compreenderam que levarão as mudas no fim do mês de novembro para casa e transferirão para um vaso maior. 

Estamos todos ansiosos!

 

Comentários (0) e Compartilhar

Aula Passeio: Planeta Inseto

Publicado em 11/11/2018 às 21h15

Nossa aula passeio neste mês foi para o Planeta Inseto.

Algumas crianças já conheciam mas para outras foi a primeira vez.

Ansiosos para pegarem o bicho pau!

Eles amaram!

Comentários (0) e Compartilhar

Semana da Criança: Corrida da Batata e do Enche Balde com 6D

Publicado em 11/11/2018 às 21h05

Continuamos nossas vivências de gincanas na semana da criança.

Nossa interação neste dia foi com a turma do 6D.

Fizemos a corrida da batata e do enche balde.

Comentários (0) e Compartilhar

Semana da Criança: Corrida do Enche Balde com 6F

Publicado em 11/11/2018 às 20h59

Na semana da criança no período do intermediário (13:00 as 15:00) nossas crianças tiveram gincanas com integração com outras turmas.

Fizemos a Corrida do Enche Balde com o 6F. 

Comentários (0) e Compartilhar

Campo Dirigido: Corrida da Batata

Publicado em 11/11/2018 às 20h54

Na semana antes da gincanas para a semana das crianças, trouxemos vivências tradicionais de gincanas. 

A deste dia foi a corrida da batata!

Comentários (0) e Compartilhar

Técnica de desenho com interferência: Flores e folhas

Publicado em 11/11/2018 às 20h45

Após roda de conversa sobre a primavera, saímos pela escola em busca de folhas e flores caídas no chão. 

Fomos na floresta e no estacionamento. Depois de recolhidas colocamos com fita crepe e utilizamos a esponja para contornar as flores e folhas recolhidas.

Eles apreciaram bastante e alguns falavam que estavam usando cores "animadas" para representar esta estação do ano.

Comentários (0) e Compartilhar

Desenho de memória: Mula sem cabeça

Publicado em 11/11/2018 às 20h37

Depois de conhecermos a história da Mula Sem Cabeça fizemos um desenho de memória e utilizamos papel de seda nas cores vermelho e amarelo para formar o fogo e lápis de cor para concluir o corpo da mula. 

Comentários (0) e Compartilhar

Festa surpresa Profª Juliana

Publicado em 11/11/2018 às 20h29

Quando as crianças viram no quadro de aniversariantes o nome da profª Juliana, logo perguntaram se não poderíamos fazer uma surpresa pra ela. E foi o que fizemos!

A decisão da turma para o presente foi de uma camiseta então trouxe três estampas para que em votação eles escolhessem. 

Depois decidiram sobre os quitutes da festa: bolo de chocolate e brigadeiro!

Além dos cartões que eles fizeram com muito carinho para a professora tão querida por eles! 

Obrigada pelos ensinamentos e parceira.

Prô Aline.

Comentários (0) e Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left fwR tsN|left show fwR tsN|bds b05|||news c05|fsN fwR normalcase c05 tsN|b01 c05 bsd|login news fwR normalcase c05|tsN fwR c05 normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||